9.11.06

VÁRIOS SOBRE IMIGRAÇÃO

QUANDO O PASSADO SE ESQUECE
Texto que relembra aos espanhóis (poderia ser também dirigidos aos portugueses) que 44% dos seus emigrantes para a Europa na década de 60 sairam do país como clandestinos. Uma crítica invisível à gestão europeia do fenómeno emigração clandestina. Para ler na VOZ DE GALICIA

A PRIMEIRA REVOLTA
Não é bem o AMISTAD, mas assemelha-se. A primeira revolta de africanos em pleno ar, em plena repatriação aconteceu há dias em Espanha. Iam guineenses a bordo, que mostraram que regressar a casa é um pesadelo mau demais, impossível de suportar.
Para ler no CORREO DIGITAL

e no MELILLA HOY

1 comentário:

susarins disse...

o meu (o galego) é um povo de emigrantes, mas é habitual escuitar que "nós andámos pelo mundo fóra para trabalhar, nao para roubar, como estes..." É assim tao fácil esquecer a pobreza passada uma vez chegados a novo-ricos...
Gosto do teu blogue. Andei pela Casamança senegalesa neste verao e dou-lhe uma vista à tua pâgina de quando em vez para saber algo desse sul que, aqui, só existe quando incomoda nas costas.