16.5.08

GAJAS BOAS

Segui atentamente o III Encontro das mulheres de África e de Espanha, que se realizou em Niamey, no Níger (V. AQUI OU AQUI).

Fórum pleno de palavras bonitas (como seria de esperar) , uma declaração final cheia de boas intenções e fotos, muitas fotos, para mostrar ao mundo que afinal "las mujeres de España estan con las africanas".

É precisamente nestas fotos que extraio o sumo do encontro, para chegar à conclusão que as tias da Europa adoram fazer-se fotografar junto a criancinhas. A coisa comove os corações dos que lêem o jornal com o croissant, de manhã cedo, que assim ficam com uma imagem diferente das mulheres que fazem política na Europa: afinal elas até são... boazinhas... boas... preocupam-se com os pobres e tudo!

Olhando para esta foto da número dois do executivo de Madrid e seu staff...

Photobucket

apetece-me parafrasear os Gato Fedorento (grupo humorístico luso, cujo vídeo em epígrafe pode ser visto aqui):

- Sabem onde é que há gajas boas, boas boas... Gajas que um gajo olha para elas e diz epá que gajas boas? Sabem?

Em Niamey, no Níger.

ADENDA, como que a provar o que atrás ficou dito: Quando se quer muito aparecer as broncas acontecem... Como esta, em que a vice-primeira-ministra espanhola se deixou fotografar (sorridente, imagino) com um empresário nigerino e três mulheres que ela julgava serem suas filhas. De la Vega ficou "horrorizada" quando soube que as senhoras eram afinal as três esposas do homem e não os seus três rebentos! LER NOTÍCIA

1 comentário:

Luís Leal Pinto disse...

Pior. A vice-presidenta deixou-se fotografar e pousou ao lado de um poligamo, algo que à luz da cultura e dos valores ocidentais que ela apregoa é incompatível. Eu não opino, apenas te posso dizer que deu que "hablar" por aqui!
Abração